Projeto “Já Pode Casar”

Estava lendo Julie & Julia(que conta a história da Julie que resolve fazer todas as 524 receitas do livro de receita de Julia Child em 365 dias – doida, né?), e fiquei com uma vontade enorme de criar um projeto para animar meu blog, na verdade, quem está precisando de animo para cozinhar sou eu!

Eu gosto de cozinhar, verdade, principalmente porque eu gosto de comer, e gosto de comer bem! E gosto de casa cheia, gosto de cozinhar para os amigos, e eles, hum, eles adoram que eu cozinhe, adoram ser minhas cobaias em receitas novas!

E como tudo que se faz com prazer, cozinhar relaxa, me anima, e me acalma, principalmente depois que eu como! hihihi Sim, eu como tudo que eu faço, não sou que nem aquele povo chato que diz que não gosta de comer a comida que faz, que fica enjoado, eu não, eu gosto, ô se gosto!

E porque eu ando desanimada com a cozinha?? Porque na maioria das vezes não tenho tempo, ou estou sozinha e cozinhar pra um pessoa é um saco, ou simplesmente porque odeio minha cozinha de tão pequena que ela é, ou seja… tudo desculpa esfarrapada.

Ai veio a ideia do projeto… porque não fazer e postar as receitas que uma mulher no tempo da minha avó(porque hoje comida congelada está ai pra isso!) deveria saber(ou não!) antes de casar, porque não fazer aquelas receitas famosas que não estão no blog e que me fazem ouvir o tão famoso e infame comentário: “Hummmm, já pode casar!” que por acaso deu origem ao nome deste blog?

Então vamos as regras:

Uma vez por semana, pelo menos, durante um ano, irei fazer e postar receitas, de preferência novas para mim, mas irei colocar algumas que já costumo fazer, mas não foram postadas ainda!

Tentarei colocar algumas receitas básicas como feijão, arroz, bife e batata frita, mas confesso que tenho uma caidinha muito grande por sobremesas e com certeza a maioria das receitas serão doces! Namorado é mais chegado no salgado, então ele vai ser a inspiração para encarar esse tipo de prato.

Como base para o projeto vou usar três livros: O primeiro, ganhei do namorado, Chefs, tem cada coisa legal, ideal para aquele dia que queremos uma receita diferente, e dicas fundamentais, como cortar carne, desossar frango… O segundo é o Dona Benta: Comer Bem – é um livro de receitas pro dia a dia, arroz, feijão, macarrão…, mas já me decepcionou porque não tem uma simples receita de pudim de leite condensado, é mole? O terceiro livro é o Cooking, da mesma coleção do Chefs e tem como subtítulo: “O livro definitivo em sua cozinha”. Usarei também o caderno de receitas de minha mãe, foi com ele que comecei a me arriscar na cozinha, não tem muitas receitas, mas tem coisas interessantes nele e muita história para contar!

No mais é isso, aguardem grandes emoções nessa invenção… como diz o ditado: “Quem não tem o que fazer… inventa!

Se quiserem acompanhar as emoções enquanto as receitas são preparadas, siga-me no Twitter: @japodecasar.

P.S. É assim, esse projeto era para ser iniciado junto com 2010, mas como o ano só começa depois do carnaval, tá valendo, né? Amanhã, “primeiro” dia útil do ano, tem receita no blog!

7 Comentários

  • finalmeeeeeeente aprenderei a fazer feijão! rs

    • Rá, essa eu quero ver! Você não sabe nem fazer arroz! 😛

  • E eu que já não gosto, hem?

    Jogue duro aí no seu projeto, amor! 😉

  • Eu não sou de cozinhar, mas com uma inspiração dessas, quem sabe não invento alguma coisa???
    O brigadeiro de ovomaltine eu já fiz, e foi sucesso! hahahahaha

    Bjoooo

    • Ehehehe, acho que algumas receitas você vai arriscar, quanto mais que agora será oficialmente uma mulher casada! 😛

  • estou amando o seu blog tinha a revista guardadinha e prometi para mim que o dia que tivesse net iria acesalo promessa cumprida um ano e 2 meses depois

Deixe um comentário